Usando o Gmail para barrar spams de qualquer conta de e-mail

O melhor investimento do século XXI - Criptomoedas

Usando o Gmail para bloquear spam em seu e-mailServiço de webmail oferece um filtro matador para spams. Saiba como usá-lo em favor de outros serviços de correio eletrônico.

Todo mundo tem seu método preferido de acabar com os spams, o grande mal das caixas de entrada em todo o mundo. Ferramentas como o MailWasher e o SpamAssassin são o suficiente para alguns; mas também existe uma outra solução: o Gmail.

O serviço de e-mail mundialmente popular do Google faz um excelente trabalho filtrando o que não interessa – mas não apenas para contas do Gmail.

Suponha que você tenha um domínio particular (algo como seudomínio.com.br) que utiliza como conta principal de e-mail e que é sempre bombardeado com spam.

Utilizando-se de alguns dos recursos do Gmail, no entanto, é possível livrar a caixa de entrada de 99,9% desse lixo. Eis como o processo funciona:

1. Crie uma nova conta no Gmail (mesmo que já possuia uma, convém criar outra exclusivamente dedicada para seu domínio de e-mail).

2. Clique no link das Configurações do Gmail e, então, siga para a aba Contas.

3. Clique em Adicionar outro endereço de e-mail e configure o Gmail para trazer mensagens advindas dos servidores do seu domínio, digitando o endereço (sem deixar cópias lá, caso contrário seu servidor ficará lotado e começará a rejeitar mensagens).

Configurar seu e-mail para bloquear spans com Gmail

 

4. Detalhe: o Gmail faz automaticamente um scan para spam quando replica mensagens de outros servidores; assim você poderia parar por aqui. No entanto, seu objetivo pode não ser ter o Gmail baseado em web como destino primário de e-mail – e sim usar o Outlook no desktop (ou telefone celular) para checar mensagens.

5. Assim, vá à aba Encaminhamento e POP/IMAP e ative o IMAP, que permite comunicação de mão dupla entre o Gmail e outros clientes de e-mail.

6. Por último, vá às Instruções de configuração do Gmail para definir o funcionamento do IMAP com o Outlook e outros clientes.

Agora, quando você receber um e-mail via Outlook ou telefone, tudo será muito transparente: não haverá nem rastros de interferência do Gmail – exceto pela total ausência de spam, que são barrados no meio do caminho (e armazenados na pasta de spam do Gmail, onde você pode checar facilmente por falsos positivos).

Em outras palavras, o Gmail atua como um filtro intermediário de spam entre seu domínio e o cliente de e-mail. E, como um bônus, ele permite acessar sua caixa por meio da Web, o que pode ser muito prático em alguns casos.

Experiência Pessoal:
Tenho várias contas de e-mail configuradas conforme o tutorial acima. Desta forma consegui eliminar 99,99% dos spams destas contas de e-mail. O mais interessante ainda é você poder acessar várias contas de e-mail em um único lugar, aumentado assim sua produtividade.
Recomendo acessar de vez em quando a caixa de spams, pois algumas vezes o Gmail pode barrar algum e-mail legítimo.
Para aqueles que utilizam programas para enviar e receber e-mail como Outlook Express, Microsoft Outlook, Thunderbird, etc… gostaria de recomendar o Gmail Offline, aonde agora o Google disponibiliza o acesso ao Gmail sem estar conectado, NA PRÓPRIA INTERFACE do webmail.

Publicado em 1 de agosto de 2009 | Deixe seu comentário
Palavras-chave: , , , ,

Quer receber em primeira mão tudo o acontece por aqui?

Então curta nossa página no Facebook, siga-nos no Twitter.

Se preferir, receba atualizações no seu e-mail:

Suas informações ficarão 100% seguras.

Rudinei

Rudinei

Técnico em informática, empresário e entusiasta de tecnologias livres. Trabalha desde 2005 com Desenvolvimento Web, Suporte Técnico em Informática e está estudando constantemente para o aperfeiçoamento profissional.

Outras publicações do autor (223)

Deixe seu comentário

Website