Dicas para deixar suas senhas mais seguras

Privacidade e Segurança na Internet

Todos os dias precisamos lembrar dezenas de senhas ou decorar novas: para uso no banco, cartão de crédito, para acesso ao e-mail, para logar em redes sociais, ativação do alarme de casa, etc.

O problema das senhas é que elas não podem ser descobertas facilmente, você não pode ter dificuldades para decorá-las ou protegê-las. Mas nem sempre é fácil administrar e manter a segurança de diversas contas, mas não é impossível criar e memorizar senhas realmente seguras. Veja algumas dicas que preparamos para você:

1. Tenha senhas diferentes para cada site
Utilize senhas diferentes em cada rede social e sites que constuma acessar frequentemente.

2. Altere suas senhas periodicamente
Alterar todas as senhas constantemente aumenta a segurança da conta e evita uma possível quebra de senha. Recomenda se criar o hábito de trocar suas senhas a cara 3 meses, por exemplo.

3. Não utilize palavras comuns
Sempre que for criar uma senha, não utilize palavras comuns do cotidiano, como “carro”, “casa” ou “cachorro”, ou encontrada em dicionários, de nenhuma língua. Pois elas são facilmente desvendadas por programas de invasão.

4. Não crie senhas sequenciais
Combinações como 123456, abcdef, 1020304050, qwerty (sequência do teclado), entre outros. Senhas baseadas em sequências podem ser decoradas e também descobertas facilmente, portanto, nunca use elas. Você pode fazer um teste para ver se sua senha é segura em https://howsecureismypassword.net/ – conforme você vai digitando o site informa quanto tempo leva para sua senha ser crakeada.

5. Não use palavras e números associados
Não coloque números que sejam facilmente associados a você, como data de nascimento, nomes de familiares ou animais de estimação, placa do carro, número do telefone, seu time preferido, banda ou artista favorito, etc que você já tenha mensionado publicamente.

6. Nunca anote suas senhas
Nunca escreva sua senha em um papel ou crie um documento salvo em seu computador ou na nuvem com essas informações.

7. Minta as informações
Em sites que incluem perguntas de segurança, coloque como resposta algo não relacionado com a realidade da questão, ou seja, se perguntar qual é o nome do primeiro animal de estimação, coloque o nome do seu time do coração.

8. Crie senhas grandes de caracteres misturados
Crie senhas com no mínimo oito caracteres, misturando letras maiúsculas e minúsculas, números e símbolos. Quanto maior o número de caracteres, mais segura será a sua senha.

9. Instale um antivírus em sua máquina
Já é um dito popular que o seguro morreu de velho, então, tenha instalado e atualizado o bom e velho antivírus em seu computador. São programas essenciais que normalmente evitam possíveis problemas.

10. Nunca use a opção “lembrar senha” em computadores públicos ou emprestados
Não utilize a opção de “inserir senhas automaticamente” ou “lembrar senha”, pois esses dados ficam gravados no computador e quando outra pessoas for usar, ela terá acesso a suas informações.

11. Sempre clique em Sair, Logoff ou Logout
Só fechar a janela do navegador ou programa que estava usando não adianta, pois alguns sites e aplicativos costumam armazenar temporariamente os seus dados de login, e quando re-abir a página ou acessar novamente o aplicativo, você ainda vai estar logado. Para isso não acontecer, certifique-se de clicar em “Sair”, “Logoff”, “Sign out” ou equivalente. Sempre.

12. Não compartilhe as suas senhas com outras pessoas
Mesmo a pessoas seja de sua inteira confiança, ela pode esquecer ou desconhecer algumas regras básicas de segurança, como já foram mencionadas acima e deixar sua senha exposta em algum lugar sem perceber.

13. Cuidado com e-mails falsos que pedem seus dados
Um golpe muito comum é você receber um e-mail com conteúdo de “Phishing Scam”, o termo em inglês fishing para “pescar” dados de usuários desatentos. Essas mensagem aparentemente são reais, geralmente de bancos, aonde o criminoso faz parecer tão real quanto possível, e geralmente pedem para realizar algum “recadastramento” de dados bancários, instalar algum aplicativo de segurança ou alteração da senha eletrônica. Nunca clique em links contidos nessas mensagens. Bancos não costumam enviar e-mails para seus clientes, somente enviam quando solicitado.

Aplicando os cuidados e seguindo as dicas apresentadas acima, você terá senhas mais segura e seus dados estarão mais protegidos.

Fique ligado 🙂

Publicado em 17 de julho de 2014 | Deixe seu comentário
Palavras-chave: , , ,

Quer receber em primeira mão tudo o acontece por aqui?

Então curta nossa página no Facebook, siga-nos no Twitter.

Se preferir, receba atualizações no seu e-mail:

Suas informações ficarão 100% seguras.

Rudinei

Rudinei

Técnico em informática, empresário e entusiasta de tecnologias livres. Trabalha desde 2005 com Desenvolvimento Web, Suporte Técnico em Informática e está estudando constantemente para o aperfeiçoamento profissional.

Outras publicações do autor (223)

Deixe seu comentário

Website